Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

03
Abr16

The Leaping Bunny

Beatriz Goulart

Para quem acompanha regularmente o meu blog, sabe que eu compro muitos produtos em lojas que se dizem mais ecológicas.

 

Em especial, ultimamente, gosto de experimentar produtos que não sejam testados em animais. Chamem-lhe fundamentalismo, mas na minha opinião, não me parece justo que se testem produtos de cosmética (que unicamente servem o propósito de nos fazer alcançar um qualquer ideal de beleza) noutras espécies que não usufruem desses produtos.

 

No entanto, ao ler o meu champô, dizia lá "Produto Acabado Não Testado em Animais", ou seja, o produto final não é testado, o que não significa que os ingredientes usados para fazer esse produtos não o sejam. Assim, decidi fazer uma pesquisa (haja google) e dei com este site (carregar na imagem):

 

 E em que podemos ver todas as empresas que estão certificadas como completamente "cruelty-free", ou seja, que nem os ingreditentes, nem o produto final é testado em animais.

 

A parte chata é que são poucas as marcas certificadas que são vendidas em Portugal, sendo exemplos, a Body Shop e a Jason (comercializada nos espaços celeiro e outras dietéticas).

No entanto, no site, eles deixam uma lista de locais onde se podem adquirir os produtos online.

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D