Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

07
Abr19

Viajar Com Pouco

Goulart Pinheiro

Dentro em pouco iremos viajar. E acho que o maior drama das pessoas normalmente quando viajam é: o que levar. E se falta alguma coisa? E se depois eu precisar disto? E se o tempo mudar de repente?

São perguntas válidas. Se vivessemos há 50 anos. Nos dias que correm é muito fácil recolher quase toda a informação que precisamos sobre os países para onde vamos e o que podemos ou não necessitar lá. O estado do tempo, a existência de muitos insectos e, por isso, a necessidade de levar repelente e creme para borbulhas, protetores solares, casacos mais ou menos quentes, sapatos de verão ou de inverno, adaptadores de tomadas, etc.

 

A minha ideia normalmente é sempre fazer uma lista prévia daquilo que realmente preciso e depois ir tratando consoante. Neste caso vamos apenas uma semana, por isso, não é preciso levar a casa atrás. A ideia é sempre levar o minímo indispensável de modo a garantir que levamos o essencial, mas que não vamos demasiado carregados.

 

Mas para facilitar, deixo aqui a lista daquilo que irei colocar dentro da mala e poderá servir de inspiração a outros que tenham a necessidade de fazer o mesmo.

 

Mala de Porão:

  • Adaptador de Tomadas;
  • Roupa Interior
  • 1 Calções
  • 1 Calças
  • 2 Vestidos
  • 4 Blusas
  • 1 Pijama
  • 1 Fato de Banho
  • Chinelos
  • Lenço
  • Suéter
  • Casaco
  • Saco para a Roupa Suja
  • Necessaire
  • Toalha de Praia

Necessaire:

  • Escova de Dentes e Pasta
  • Champo
  • Sabonete
  • Desodorizante
  • Escova Cabelo
  • Protetores Solares
  • Maquilhagem
  • Cremes Rosto
  • Repelente
  • Medicação (Primeiros-Socorros)
  • Lâmina

Mala de Cabine

  • Carteira com Documentos e Dinheiro
  • Confirmações das Reservas, Vistos, Passagens
  • Carregadores
  • Telemovel
  • Óculos de Sol
  • Livro
  • Roupa Interior (Desagradável se nos perderem a bagagem).

 

Neste momento é assim que está a minha lista. Não penso que vá precisar de muito mais. É uma viagem de lazer e, por isso, a ideia é que andarei todos os dias de calções e de ténis e para uma semana é mais do que suficiente até porque o tempo promete estar quente.

 

Se tiverem alguma sugestão, agradecia que partilhassem!

21
Mar16

Favoritos de Inverno

Goulart Pinheiro

E estou de férias...Embora não vá notar porque as férias são só da Faculdade e tenho que estudar na mesma. Mas só o facto de não ter que me levantar para ir para as aulas, é suficiente para me fazer levantar com outro humor.

 

Enfim, o Inverno acabou, embora não pareça muito, ainda, e por isso, chegou a altura dos Favoritos de Inverno. De novo, vou cingir-me a 5 favoritos (no máximo) porque nem tudo pode ser favorito. Para quem é novo no blog, eu passo a explicar rapidamente. Uma vez que adoptei o minimalismo para estilo de vida, já não consumo assim tanto. E se consumo sou mais consciente a fazê-lo. Por isso, não consigo fazer favoritos todos os meses, porque há meses em que não compro nada sem ser comida ou cafés. Assim, faço os favoritos de cada estação.

 

Assim sendo, aqui estão eles:

 

  • Mais uma app. De seu nome: Google Fit. Não a descobri há muito tempo, mas basta tê-la instalada no telemóvel e ter o GPS ligado e ela controla o tempo que andamos, os passos que damos e com base no nosso peso e altura, a quantidade de calorias que perdemos. Para além disso, podemos conectar a outras apps, como por exemplo, o Aqualert que posteriormente nos dará a quantidade de água que precisamos de ingerir num dia com base nos dados que o Fit lhe disponibiliza (peso, calorias perdidas, etc.). Para quem é fã de desporto e de vida saudável, esta é uma boa app.

  • O meu próximo favorito é o gel com que tenho lavado a cara. É da linha Tea Tree da Body Shop. Já o tinha utilizado anteriormente, mas comecei a utilizar outro que tinha o dobro do tamanho pelo mesmo preço do Dr. Organic, e depois passei a usar o sabonete da mesma marca porque era mais barato. Mas faz toda a diferença. Com a linha da Body Shop a minha pele fica muito mais fresca e sinto que os resultados são muito melhores.

  • O meu próximo acessório favorito foi uma lenço/manta que a minha tia me ofereceu no Natal. A cor é perfeita (cinzento) e o estilo é perfeito (normal) e por isso, o lenço torna-se bastante versátil. O facto de ser "manta" faz com que seja bastante quentinho e se possa utilizar de várias formas. O que eu tenho, é muito semelhante ao da imagem em baixo.

  • Outros dos meus absolutos favoritos este Inverno foram as minhas canetas de estimação da PaperMate. Não me perguntem porquê, mas eu adoro estas canetas. São um pouco caras e por isso mantenho poucas, mas irei comprar mais, eventualmente. Tenho a rosa escura, a verde clara e a preta (com que escrevo) e gosto imenso da forma como elas escrevem e como ficam no papel e até parece que a minha letra fica mais bonita.

  •  Para terminar, até porque o post está a ficar grande e depois é uma chatice de ler, foi a minha viagem a Dublin. Para mim viajar é a melhor coisa do mundo. Poder conhecer outras realidades (mesmo que não muito distantes), é fundamental para poder construir uma opinião sobre as coisas, para poder saber mais, e ter conhecimento de causa. E embora Amesterdão ainda esteja no topo da minha lista de capitais europeis, gostei imenso de Dublin e de certeza que voltarei aquelas paisagens verdes irlandesas!

IMG_20160207_105057.jpg

 

12
Fev16

Dublin

Goulart Pinheiro

Bem, em primeiro lugar pedir desculpa por ter estado ausente tantos dias. Em segundo lugar justificar-me: fui dar um saltinho a Dublin.

 

Já tinha a viagem planeada há algum tempo e devo confessar que adorei, ainda que tenha apanhado mau tempo. Digamos que é um pouco como Londres, chove todos os dias. Aparentemente também não tive muita sorte com o tempo, ainda assim diverti-me e deixo aqui algumas fotos da viagem!

 

IMG_20160206_150015.jpg

IMG_20160207_105057.jpg

IMG_20160207_163034.jpg

 

IMG_20160208_164830.jpg

IMG_20160209_175152.jpg

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D