Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

04
Mar19

O que comprei em Janeiro e Porquê!

Goulart Pinheiro

Como sabem através de um post mais antigo, uma das formas que tenho para me organizar é manter uma lista de coisas a comprar. Normalmente, sempre que acho que preciso de comprar algo, escrevo na lista e depois vou analisando a lista e vendo se preciso mesmo, se não preciso, se aquilo que preciso pode ser substituído por algo que tenha a mesma função, mas ou que seja mais eficiente ou que inclua mais funções, ou que eu já tenha; ou se aquilo que escrevi é para ser sempre utilizado ou se pode pedir emprestado e etc.

A primeira coisa que decidi fazer este ano (género resolução de ano novo) foi que no máximo compraria uma dessas coisas por semana de modo a restringir o consumo e a minha veia consumista e de modo a poupar dinheiro.

 

Antes de fazer cada compra analiso as várias opções, preços, qualidade, eficiência e necessidade (se é uma prioridade ou não).

 

Assim, em Janeiro aquilo que comprei foi:

 

Óculos de Natação

Uma vez que decidi voltar a nadar, e que os óculos que tinha se começaram a partir e já entrava água, tive que comprar uns novos.

 

Fato de Banho

 

Porque a licra do meu fato-de-banho anterior se estava a desfazer, tive que investir num novo para a prática da natação.

 

 

Mochila

Finalmente, e como tinha mencionado num post que fiz no final do ano passado, investi numa mochila mais pequena, que acumula menos tralha e que funciona tanto como mochila como mala, o que é bastante útil, considerando o meu estilo de vida.

Depois de muitas dúvidas, acabei a comprar a Re-Kanken da Fjallraven Kanken através da Pegada Verde por ser uma mochila feita com garrafas de plástico e assim tentando contribuir para uma pegada ecológica menor.

 

Isto foi aquilo em que investi/gastei dinheiro em Janeiro. Fora claro, o óbvio com comida e contas para pagar. Irei fazer posts deste género ao longo do ano sobre aquilo que compro em cada mês.

 

Partilhem também!

 

 

21
Mar16

Favoritos de Inverno

Goulart Pinheiro

E estou de férias...Embora não vá notar porque as férias são só da Faculdade e tenho que estudar na mesma. Mas só o facto de não ter que me levantar para ir para as aulas, é suficiente para me fazer levantar com outro humor.

 

Enfim, o Inverno acabou, embora não pareça muito, ainda, e por isso, chegou a altura dos Favoritos de Inverno. De novo, vou cingir-me a 5 favoritos (no máximo) porque nem tudo pode ser favorito. Para quem é novo no blog, eu passo a explicar rapidamente. Uma vez que adoptei o minimalismo para estilo de vida, já não consumo assim tanto. E se consumo sou mais consciente a fazê-lo. Por isso, não consigo fazer favoritos todos os meses, porque há meses em que não compro nada sem ser comida ou cafés. Assim, faço os favoritos de cada estação.

 

Assim sendo, aqui estão eles:

 

  • Mais uma app. De seu nome: Google Fit. Não a descobri há muito tempo, mas basta tê-la instalada no telemóvel e ter o GPS ligado e ela controla o tempo que andamos, os passos que damos e com base no nosso peso e altura, a quantidade de calorias que perdemos. Para além disso, podemos conectar a outras apps, como por exemplo, o Aqualert que posteriormente nos dará a quantidade de água que precisamos de ingerir num dia com base nos dados que o Fit lhe disponibiliza (peso, calorias perdidas, etc.). Para quem é fã de desporto e de vida saudável, esta é uma boa app.

  • O meu próximo favorito é o gel com que tenho lavado a cara. É da linha Tea Tree da Body Shop. Já o tinha utilizado anteriormente, mas comecei a utilizar outro que tinha o dobro do tamanho pelo mesmo preço do Dr. Organic, e depois passei a usar o sabonete da mesma marca porque era mais barato. Mas faz toda a diferença. Com a linha da Body Shop a minha pele fica muito mais fresca e sinto que os resultados são muito melhores.

  • O meu próximo acessório favorito foi uma lenço/manta que a minha tia me ofereceu no Natal. A cor é perfeita (cinzento) e o estilo é perfeito (normal) e por isso, o lenço torna-se bastante versátil. O facto de ser "manta" faz com que seja bastante quentinho e se possa utilizar de várias formas. O que eu tenho, é muito semelhante ao da imagem em baixo.

  • Outros dos meus absolutos favoritos este Inverno foram as minhas canetas de estimação da PaperMate. Não me perguntem porquê, mas eu adoro estas canetas. São um pouco caras e por isso mantenho poucas, mas irei comprar mais, eventualmente. Tenho a rosa escura, a verde clara e a preta (com que escrevo) e gosto imenso da forma como elas escrevem e como ficam no papel e até parece que a minha letra fica mais bonita.

  •  Para terminar, até porque o post está a ficar grande e depois é uma chatice de ler, foi a minha viagem a Dublin. Para mim viajar é a melhor coisa do mundo. Poder conhecer outras realidades (mesmo que não muito distantes), é fundamental para poder construir uma opinião sobre as coisas, para poder saber mais, e ter conhecimento de causa. E embora Amesterdão ainda esteja no topo da minha lista de capitais europeis, gostei imenso de Dublin e de certeza que voltarei aquelas paisagens verdes irlandesas!

IMG_20160207_105057.jpg

 

30
Jan16

Dia 30 #30diasdesafiominimalismo + Fim do Desafio

Goulart Pinheiro

O desafio de hoje e último, consiste em avaliar as últimas 5 compras feitas. Não tenho a certeza se é suposto avaliar as últimas 5 vezes em que gastei dinheiro, ou as últimas 5 vezes em que gastei dinheiro em algo substancial. No entanto, tenho quase a certeza que ninguém quer ler a minha avaliação sobre o último café que bebi. Assim sendo, irei avaliarr as últimas 5 coisas mais substanciais nas quais gastei dinheiro.

 

  • 5ª - Uma consulta no dermatologista: Não há muito para avaliar. O meu acne estava a tornar-se cada vez pior e sem passar. Por mais produtos que tentasse ou "receitas caseiras", nada resolvia o problema. Estava na altura de consultar um especialista.
  • 4ª - Um caderno na FNAC: É um caderno pequeno que utilizo para fazer de "journal" anual. Basicamente, onde escrevo todos os acontecimentos importantes do ano sob o meu ponto de vista. Gosto do caderno e é fabricado em Portugal, no entanto, achei que foi um pouco caro para a quantidade de folhas que traz.
  • 3ª - Dossiers: Como já tinha mencionado num post anterior, que podem ler aqui, já tinha pensado em reorganizar as minhas pastas de documentos de modo a uniformizar o espaço. Assim sendo, comprei uns dossiers para passar para lá os documentos, ao invés de os ter em pastas de diferentes formas e tamanhos.
  • 2ª - Tinta de Spray no AKI: Foi uma compra pequena, mas basicamente comprei-a para ao invés de comprar molduras novas, decidi pintar as antigas, bem como o meu espelho. Uma forma de, de novo, uniformizar o espaço e poupar dinheiro.
  • 1ª - Secretária no IKEA: mudei a minha secretária e a razão pela qual o fiz foi porque a outra se estava a desfazer e eu precisava de mais espaço para trabalhar. A outra não era grande o suficiente para conseguir ter o computador, as coisas da escola e a impressora, tudo a funcionar ao mesmo tempo. Agora já o tenho e confesso que é uma grande ajuda poder espalhar tudo em cima da mesa e trabalhar como deve ser.

Chegou ao fim o desafio. Alguns dos desafios que estavam contemplados na lista foram interessantes e se calhar, até desafiantes. No entanto, a maioria não achei assim tão desafiante. Acho que é bom para dar algumas impressões sobre como viver uma vida mais simples para quem ainda não o faz, mas para quem já o faz, não traz muito de novo.

 

A partir de agora, voltarei a fazer posts "normais", no entanto, poderei não os fazer diariamente, como já tinha mencionado anteriormente.

28
Nov15

Como e Onde Poupar

Goulart Pinheiro

Em primeiro lugar quero dizer que não publico nada há alguns dias porque tenho estado muito ocupada ao ponto de nem o computador ligar, quanto mais postar no blog.

 

Hoje trago algumas dicas de como poupar algum dinheiro. São apenas algumas das coisas que me lembrei e que faço. No entanto, se se lembrarem de outras, por favor coloquem nos comentários.

 

  1. A primeira que posso mencionar e que faço mais regularmente é com certeza planear as refeições. No início de cada semana penso nas refeições para a semana inteira (se as tomo fora, se as tomo em casa, etc.) e com base nisso, faço a lista das compras. Ajuda a poupar na medida em que não se compram coisas que depois 'logo se vê' o que fazer com elas e muitas vezes se ficam a estragar na dispensa ou no frigorífico, indo parar ao lixo;
  2. Com base na anterior, antes de planear as refeições vejo o que já tenho em casa e o que posso usar para as refeições, evitando, assim, desperdícios;
  3. Outro 'truque' é comprar os produtos com embalagens grandes. Eu acredito que os investimentos são maioritariamente boas soluções económicas. Muitas vezes requer um custo mais elevado no início, mas que a médio e longo prazo compensa muito mais. As embalagens maiores podem parecer mais caras, mas a verdade é que na maioria das vezes compensam porque duram muito mais tempo do que duas mais pequenas, poupando-se dinheiro e recursos (duas embalagens produzem mais resíduos do que uma grande);
  4. Na sequência da anterior, fazer a comparação de produtos por litros, ou por gramas ajuda. Por exemplo, comprar uma embalagem que contenha 100mL de creme por 5€ pode ser vantajoso em comparação com uma embalagem que custe 8€. Mas se essa embalagem contiver 200mL estamos a comprar por 40€/L enquanto que na primeira opção gastamos 50€/L - comparar o que é comparável!;
  5. No entanto, e como no meu caso, em que somos duas pessoas cá em casa e fazemos a maioria das refeições separadas, comprar embalagens indivíduais, ou de menores dimensões em produtos perecíveis, lacticínios e etc. é a melhor solução para evitar desperdícios;
  6. Outro dos truques que utilizo para não efectuar gastos desnecessários é a criação de uma want/need list. Penso que já falei disto aqui no blog. Basicamente consiste em: sempre que achamos que precisamos de alguma coisa adicioná-la a lista e não comprar logo. Passado uma semana, duas ou até mesmo três, voltar à lista e pensar se sempre precisamos ou se ainda queremos a "coisa" em questão. Muitas vezes o que acontece é que acabamos por verificar que afinal não gostamos assim tanto, ou que vivemos bem sem ela, e acabamos a não comprar por impulso;
  7. Outro dos truques que posso dar, é irem ao comércio local. Muitas vezes sai mais barato e à medida que vão ficando conhecidos pelos donos das lojas, serão melhor atendidos e ter direito a pequenos descontos, lembranças, e um serviço personalizado. Caso não queiram, o meu conselho é que frequentem sempre o mesmo supermercado, isto porque evita que andem a passear nos corredores à procura das coisas, e acabem a comprar por "ah, isto é giro, vou só experimentar" e "ah, eu acho que posso precisar disto".

Estes são alguns dos meus truques. No entanto, há muito mais sítios onde podem procurar dicas de como poupar!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D