Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

22
Nov15

Produtos #extras

Beatriz Goulart

Todos os dias usar produtos de forma constante e rotineira pode não ser suficiente para necessidades específicas da pele.

 

Normalmente escolho os fins-de-semana para utilizar os produtos #extra porque é quando tenho mais tempo livre.

 

Um desses produtos é esta argila verde da Cattier, que compro no Celeiro, e já vem pronta a ser usada, o que se torna mais prático, uma vez que antes comprava a argila em pó e tinha que a preparar e umas vezes ficava líquida demais, outras de menos, e nunca utilizava tudo o que preparava, o que era um desperídicio.

 

Outro dos produtos que uso, é este exfoliante corporal da MyLabel (Continente). Na verdade também o uso mais uma vez por semana, e basicamente utilizo-o numa tentativa de estimular a minha circulação nas pernas, uma vez que tenho má circulação e começo a ter derrames e varizes (sim, em tão tenra idade).

 

Este é um dos produtos que tenho andando a experimentar. É o condicionar corporal da Nivea, e como o obtive com descontos da Nivea, decidi experimentá-lo. A verdade é que não tenho gostado muito e, uma vez que tenho a pele do corpo muito seca, acho que o creme corporal continua a ser mais eficaz, embora saiba bem sair do banho e não ter que pôr creme.

 

E por fim, este é outro dos produtos que utilizo, embora não seja ao fim-de-semana, mas sim duas vezes durante a semana, também é um extra na minha rotina diária e serve para exfoliar a pele da cara.

 

E pronto, estes são os meus #extras!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D