Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

20
Fev19

Planear Como?

Goulart Pinheiro

Planear é para mim bastante importante, porque me permite manter a par das coisas que tenho para fazer e de como organizar o meu dia-a-dia.

 

 

 

Mas tenho tido alguns problemas em encontrar o sistema ideal para o fazer.

A minha dúvida maior fica sempre entre se utilizo papel ou se utilizo tecnologia.

 

 

 

Prós do Papel:

  • Gosto de escrever;
  • Gosto de ter a base física e folhear as coisas;

Contras do Papel:

  • Gasto papel e água;
  • Ando mais carregada;
  • Gastar dinheiro a adquirir cadernos e agendas;
  • Gasto tinta.

Prós da Tecnologia:

  • Posso adicionar coisas em qualquer lugar mais facilmente;
  • Tenho tudo no mesmo sítio.

Contras da Tecnologia:

  • Não me dá tanto gozo escrever no telemóvel/computador;
  • Gasto eletricidade;
  • Exploração de metais pesados para a construção dos telemóveis, computadores, tablets e afins.

 

Talvez com esta explicação consigam entender o meu dilema.

Já experimentei vários formatos e contínuo sem saber qual deles considero mais adequado para mim e para o meu estilo de vida.

 

Por isso, gostava que partilhassem comigo as vossas formas de organização para que eu talvez consiga ter alguma inspiração e me consiga organizar melhor.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D