Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

03
Nov15

Organizar também é minimizar

Beatriz Goulart

Se calhar para muitos isto não faz sentido, mas para mim faz até bastante. Sou uma pessoa que gosta de ter "tudo no lugar", e com isto, quero dizer que gosto de ter tudo arrumado e organizado porque então a minha vida torna-se mais fácil; e com tudo o que normalmente tenho para fazer é mais fácil se tiver as coisas organizadas. Como o faço, perguntam vocês?

 

Pois bem, para começar acabei de comprar um quadro branco magnético que serve para ter todos os dias do mês lá colocados, mais ou menos, como isto:

 

A principal facilidade é que posso escrever aqui as coisas mais importantes como os testes, entregas de trabalhos e projectos, reuniões, formações, aniversários e etc. uma vez que está colocado em cima da minha secretária, todos os dias tenho uma "visualização" das coisas que tenho durante o mês e torna-se mais fácil organizar-me.

 

Por outro lado, tenho um pequeno caderno que anda comigo para todo o lado e que é o meu caderno das tarefas.

Este caderno serve exactamente para escrever todas as tarefas que tenha para fazer nesse dia, como os trabalhos que tenho para fazer, coisas que tenha que preparar para reuniões, documentos que tenha que escrever, assuntos sobre os quais tenha que estudar, etc., etc. Tudo para garantir que não me esqueço de nada.

 

Por fim, tenho ainda a minha agenda, que embora tenha tentado utilizar o telemóvel este ano como agenda, a verdade é que não correu muito bem, uma vez que eu gosto muito de ter as coisas escritas. Aquilo que aconteceu com o telemóvel é que ele me dava notificações 30 minutos antes das coisas e eu esquecia-me delas na mesma, fora isso, quando desligava as notificações, esquecia-me de ir à agenda ver o que tinha para fazer nesse dia. No próximo ano já me decidi a comprar a agenda da Moleskine, esta:

 

Já tive esta agenda no ano de 2012/2013 (era uma de 18 meses) e a verdade é que foi das melhores agendas que tive. De um lado tem os dias da semana, e do outro posso utilizá-la como caderno de tarefas, o que é bom, uma vez que não tenho que andar carregada com muita coisa, e sempre é um pouco mais ecológico.

 

Isto é a forma de me organizar. Desta maneira também se torna menos stressante ter que me preocupar com as coisas porque sei que as escrevo e estão organizadas e basta olhar para elas para saber o que tenho que fazer.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D