Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

06
Mai16

Organizar, Organizar

Beatriz Goulart

Durante toda a minha vida, sempre fui bastante organizada. Não sei se foi adquirido geneticamente, ou pelo facto de eu não conseguir trabalhar com desorganização, nem saber, muito bem, lidar com ela.

 

Em alturas de maior stress, sinto que arrumar coisas e organizá-las, é como uma meditação.

 

Sei que as pessoas não são todas iguais e, que para algumas, arrumar coisas é só uma grande seca. E se assim é, não penso que este post seja para essas pessoas. Este post é uma compilação de dicas para pessoas que gostam de ter as coisas arrumadas e organizadas, mas não sabem como ou não têm tempo para.

 

  1. Fazer sempre a cama. Eu sei que esta pode parecer fácil e já bastante vista, mas a verdade é que entre ter a cama desfeita e a parecer que o cão dormiu lá em cima ou ter a cama feita e limpinha, dá automaticamente um ar de arrumação às coisas. Dica extra: escolham cores que vos fazem felizes.
  2. Lavar a loiça. Outra que parece já bastante falada, mas a verdade é que não ter loiça empilhada no lava-loiça ou mesmo no escorredor, dá automaticamente um outro ar à cozinha, onde tudo parece mais arrumado.
  3. Esconder a tralha. Embora não seja realmente arrumado, o facto de se esconder aquela tralha que nao fica bem com a decoração, ou que dá um ar desarrumado (como os papéis), ajuda a que o espaço pareça mais organizado. Basta arranjar uma caixa bonita, que fique bem e depois é só atirar a tralha lá para dentro.
  4. Ter lugares próprios para as coisas. O facto de as coisas terem um lugar próprio para estar ajuda a que de cada vez que utilizemos as coisas, saibamos onde elas estão e também onde as arrumar depois.

Estas são as quatro dicas mais fáceis que tento utilizar quando não tenho tempo para realmente arrumar as coisas. Acredito que tenham mais algumas, por isso, toca a partilhá-las na caixa dos comentários!

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D