Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

30
Jan16

Dia 30 #30diasdesafiominimalismo + Fim do Desafio

Beatriz Goulart

O desafio de hoje e último, consiste em avaliar as últimas 5 compras feitas. Não tenho a certeza se é suposto avaliar as últimas 5 vezes em que gastei dinheiro, ou as últimas 5 vezes em que gastei dinheiro em algo substancial. No entanto, tenho quase a certeza que ninguém quer ler a minha avaliação sobre o último café que bebi. Assim sendo, irei avaliarr as últimas 5 coisas mais substanciais nas quais gastei dinheiro.

 

  • 5ª - Uma consulta no dermatologista: Não há muito para avaliar. O meu acne estava a tornar-se cada vez pior e sem passar. Por mais produtos que tentasse ou "receitas caseiras", nada resolvia o problema. Estava na altura de consultar um especialista.
  • 4ª - Um caderno na FNAC: É um caderno pequeno que utilizo para fazer de "journal" anual. Basicamente, onde escrevo todos os acontecimentos importantes do ano sob o meu ponto de vista. Gosto do caderno e é fabricado em Portugal, no entanto, achei que foi um pouco caro para a quantidade de folhas que traz.
  • 3ª - Dossiers: Como já tinha mencionado num post anterior, que podem ler aqui, já tinha pensado em reorganizar as minhas pastas de documentos de modo a uniformizar o espaço. Assim sendo, comprei uns dossiers para passar para lá os documentos, ao invés de os ter em pastas de diferentes formas e tamanhos.
  • 2ª - Tinta de Spray no AKI: Foi uma compra pequena, mas basicamente comprei-a para ao invés de comprar molduras novas, decidi pintar as antigas, bem como o meu espelho. Uma forma de, de novo, uniformizar o espaço e poupar dinheiro.
  • 1ª - Secretária no IKEA: mudei a minha secretária e a razão pela qual o fiz foi porque a outra se estava a desfazer e eu precisava de mais espaço para trabalhar. A outra não era grande o suficiente para conseguir ter o computador, as coisas da escola e a impressora, tudo a funcionar ao mesmo tempo. Agora já o tenho e confesso que é uma grande ajuda poder espalhar tudo em cima da mesa e trabalhar como deve ser.

Chegou ao fim o desafio. Alguns dos desafios que estavam contemplados na lista foram interessantes e se calhar, até desafiantes. No entanto, a maioria não achei assim tão desafiante. Acho que é bom para dar algumas impressões sobre como viver uma vida mais simples para quem ainda não o faz, mas para quem já o faz, não traz muito de novo.

 

A partir de agora, voltarei a fazer posts "normais", no entanto, poderei não os fazer diariamente, como já tinha mencionado anteriormente.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D