Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

13
Jan16

Dia 13 #30diasdesafiominimalismo

Goulart Pinheiro

O desafio de hoje consiste em limpar o guarda-roupa. No entanto, eu penso que o meu guarda-roupa já está bastante bom. Ainda há trabalho a fazer, mas que só farei quando mudar a cápsula. Assim sendo, decidi partilhar convosco a arrumação do meu guarda-roupa.

 

Guarda-Roupa.png

Irei agora descrever cada um dos números.

  1. É onde guarda as malas que não estão a uso - mais à frente irei fazer um post sobre as malas que detenho e porquê;
  2. Partes de baixo que não fazem parte da cápsula;
  3. Camisolas que não fazem parte da cápsula;
  4. Tops que não fazem parte da cápsula;
  5. Cápsula menos os casacos grossos e os sapatos;
  6. Roupa de treino;
  7. Pijamas;
  8. Tops de alças;
  9. Sweats;
  10. Mochila e Mala de Desporto;
  11. Sapatos que não fazem parte da cápsula;
  12. Roupa Interior;
  13. Pijamas de Verão e Roupa de Praia;
  14. Cachecóis, Luvas, Gorros e Meias Grossas;
  15. Gaveta que contém carteiras com cartões que não uso regularmente, sacos para sapatos, e "tralha".

P.S.: O guarda-roupa ainda está um pouco desarrumado porque eu costumava ter uma cómoda, que transformei (podem ler o post aqui) e ainda não tive tempo de arrumar as coisas como deve ser.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D