Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

16
Dez15

A luz

Goulart Pinheiro

Nunca me tinha debruçado sobre este assunto até no outro dia ter faltado a luz e eu ter subido até ao 7º andar com a lanterna do telemóvel.

 

Não é pouco comum para mim subir as escadas, em especial porque os elevadores estão sempre avariados, mas é pouco comum para mim subi-las às escuras.

 

Quando cheguei a casa e me sentei à mesa a jantar (às escuras, mas com a lanterna ligada) dei por mim a pensar o quão dependentes da electricidade somos. Tudo funciona com electricidade. O que acontecerá às civilizações ocidentais se deixarmos de ter luz?

 

Sabemos que a Humanidade não se extinguirá - ainda há muitos povos e tribos que não conhecem a electricidade - mas com certeza levaria um grande retrocesso. Se pensarmos bem, tudo em nossa casa (praticamente) funciona com electricidade. O frigorífico, o fogão, os computadores, os telemóveis, a bomba que leva a água ao 7º andar...

 

No entanto, e embora já existam fontes "limpas" que permitem a obtenção de energia sem grandes impactos para o Ambiente, a verdade é que a grande maioria da energia que consumimos ainda provém de fontes poluentes como os combustíveis fósseis.

 

Por isso, há que fazer uma gestão eficiente e adoptar medidas que promovam a sustentabilidade do planeta. Deixo aqui algumas dicas (daquelas que aprendemos na escola):

  • Desliguem todas as luzes nos quartos quando não estão a utilizá-los;
  • Desliguem electrodomésticos e aparelhos eléctricos quando não estão a ser utilizados;
  • Não deixem a televisão em StandBy e desliguem-na mesmo;
  • Desliguem durante a noite os aparelhos de Wi-fi, Rooters, etc;
  • Coloquem os telemóveis em "Modo Voo" durante a noite (ajuda a poupar bateria);
  • Deixem tudo desligado quando não estão em casa;
  • Utilizem as escadas ao invés dos elevadores (se morarem até ao 7º andar, depois disso é capaz de ser chato);
  • Troquem as lâmpadas fluorescentes e afins por LEDs.

Estas são algumas das medidas que podem adoptar, o Ambiente agradece e tenho a certeza que a factura da luz será mais reduzida.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D