Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

29
Jun17

Sustentável é o Caminho

Beatriz Goulart

Os últimos tempos não têm sido fáceis para poder escrever no meu blog, saí de casa e comecei a minha vida a dois, o que tornou complicado arranjar tempo no meio do estudo, do trabalho e da casa para conseguir escrever.

 

Fora isso, passei também algum tempo em pesquisa e introspecção sobre as diferentes matérias que escrevo aqui e vivencio.

 

Hoje venho para dizer que encontrar produtos sustentáveis, não testados em animais, produzidos localmente e biológicos não são fáceis de encontrar, muito menos a um preço que dê para a maioria das carteiras dos portugueses. No entanto, esse tem que ser o objectivo, na minha opinião e por isso, durante os próximos tempos irei falar de lojas, conceitos e locais generalistas onde é possível encontrar isto a preços socialmente justos.

 

Hoje venho falar de limpeza facial. Como vocês sabem, há muito tempo que utilizo o mesmo produto, que é o Face Wash Tea Tree da Body Shop, e na verdade é o primeiro produto que quero aqui deixar referenciado. A Body Shop não é propriamente barata, na minha opinião, no entanto, considero que o frasco de 250ml de Limpeza do Rosto que uso por 8€ é sustentável. Em tudo gosto do produto, em especial do facto de os ingredientes não serem testados em animais (certificado pelo The Leapping Bunny), só não me agrada o facto de ser embalado em plástico e de a embalagem não ser reutilizável.

 

Agrada-me no entanto, o novo design mais simples e a duração. O último vai a meio e dura há 4 meses, o que, por contas simples, dá 1€ por mês em limpeza facial.

Para quem tem a pele oleosa com tendência acneíca, definitivamente deveriam experimentar este produto e ver se convosco resulta!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D