Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

10
Mar19

Rotina de Limpeza da Casa

Goulart Pinheiro

Este era um post que já fazia falta. Demorou, mas finalmente conseguimos ter uma rotina consistente e eficaz de limpeza e arrumação da casa, de modo a que possamos aproveitar melhor o nosso tempo, ainda, assim, tendo a casa sempre (aqui deve ler-se maioritariamente) limpa e arrumada.

 

Vamos dividir isto em diversas secções também para que o texto fique mais estruturado e de fácil leitura.

 

Diariamente:

  • Lavar Loiça;
  • Fazer a Cama;
  • Arrumar a Sala;
  • Limpar a Caixa de Areia dos Gatos (isto acontece duas vezes por dia).

 

Semanalmente:

  • Lavar, Aspirar e Lavar o Chão da Casa de Banho;
  • Limpar o Fogão e o Micro-Ondas;
  • Lavar as Bancadas da Cozinha;
  • Aspirar e Lavar o Chão da Cozinha;
  • Mudar os Atoalhados da Casa de Banho;
  • Mudar a Areia dos Gatos;
  • Levar o Lixo para a Rua (temos tido a capacidade de produzir lixo para que só tenhamos que fazer isto uma vez por semana);
  • Lavar Roupa;
  • Passar a Ferro.

 

De duas em duas semanas:

  • Fazer a Cama de Lavado;
  • Lavar a Caixa de Areia dos Gatos;
  • Lavar as Paredes da Banheira;

 

Mensalmente:

  • Aspirar a Casa toda;
  • Lavar o Chão da Casa toda;
  • Limpar o pó da Casa toda.

 

De três em três meses:

  • Mudar as escovas de dentes;
  • Lavar as janelas de casa;
  • Aspirar por trás do frigorífico, do fogão e da máquina de lavar roupa.

 

De seis em seis meses:

  • Limpar arrastando móveis, eletrodomésticos, decorações, animais, enfim, um fim-de-semana divertido. 

 

Basicamente é assim que temos dividido as coisa para garantir que temos a casa quase sempre limpa e arrumada.

04
Mar19

O que comprei em Janeiro e Porquê!

Goulart Pinheiro

Como sabem através de um post mais antigo, uma das formas que tenho para me organizar é manter uma lista de coisas a comprar. Normalmente, sempre que acho que preciso de comprar algo, escrevo na lista e depois vou analisando a lista e vendo se preciso mesmo, se não preciso, se aquilo que preciso pode ser substituído por algo que tenha a mesma função, mas ou que seja mais eficiente ou que inclua mais funções, ou que eu já tenha; ou se aquilo que escrevi é para ser sempre utilizado ou se pode pedir emprestado e etc.

A primeira coisa que decidi fazer este ano (género resolução de ano novo) foi que no máximo compraria uma dessas coisas por semana de modo a restringir o consumo e a minha veia consumista e de modo a poupar dinheiro.

 

Antes de fazer cada compra analiso as várias opções, preços, qualidade, eficiência e necessidade (se é uma prioridade ou não).

 

Assim, em Janeiro aquilo que comprei foi:

 

Óculos de Natação

Uma vez que decidi voltar a nadar, e que os óculos que tinha se começaram a partir e já entrava água, tive que comprar uns novos.

 

Fato de Banho

 

Porque a licra do meu fato-de-banho anterior se estava a desfazer, tive que investir num novo para a prática da natação.

 

 

Mochila

Finalmente, e como tinha mencionado num post que fiz no final do ano passado, investi numa mochila mais pequena, que acumula menos tralha e que funciona tanto como mochila como mala, o que é bastante útil, considerando o meu estilo de vida.

Depois de muitas dúvidas, acabei a comprar a Re-Kanken da Fjallraven Kanken através da Pegada Verde por ser uma mochila feita com garrafas de plástico e assim tentando contribuir para uma pegada ecológica menor.

 

Isto foi aquilo em que investi/gastei dinheiro em Janeiro. Fora claro, o óbvio com comida e contas para pagar. Irei fazer posts deste género ao longo do ano sobre aquilo que compro em cada mês.

 

Partilhem também!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D