Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

18
Mar16

1 Semana, 100% Vegan

Goulart Pinheiro

Vou dar o desafio por encerrado. Passaram 5 dias e confesso que foram os 5 dias mais dolorosos da minha vida. Para quem gosta de comer, ser vegan não é opção. Vacilei antes de tempo.

 

Gostava muito de conseguir levar este desafio durante mais dois dias, mas a verdade é que não o consigo fazer. Acho que ninguém tem bem noção das restrições alimentares que os vegans têm. Coisas que nem eu tinha noção. Como por exemplo, estava eu muito bem a comer a minha sandes de pão de centeio com Becel e uma amiga minha me pergunta: mas tu podes comer isso? E eu respondi com toda a naturalidade: Sim, é Becel. Ao que ela responde: Sim, mas a massa do pão leva gordura de origem animal. Conclusão 3: Toda a comida boa do mundo leva alguma coisa que os vegans não comem.

 

E assim é. É inacreditável o fundamentalismo pelo qual muitas pessoas se deixam levar, não podendo nunca alegar que é por razões ecológicas. Lamento informar ou decepcionar algum vegan que leia o meu blog, mas a verdade é que fundamentalismos em nada são ecológicos. O Ambiente e a Natureza vivem em equilíbrio, a predação existe, também, como forma de manter o equilíbrio da Natureza através do controlo de populações, por exemplo. E a cadeia alimentar não é uma invenção humana, é um processo de evolução extraordinário e que se acredita ter ajudado a permitr ao Homo sapiens evoluir para Homo sapiens sapiens.

 

Podemos discutir que o sistema de produção de alimentos nos dias que correm é um sistema caótico, de intensividade e que em muito prejudica o ambiente e em nada respeita os animais. Irei dar-vos razão. No entanto, não me parece que ser vegan seja a solução, acredito até que não seja sustentável. Como qualquer pessoa que se diga "crente" na Natureza, basta observá-la para saber que tudo convive em equilíbrio e que esse é o caminho.

 

Assim sendo, depois de toda a fome que passei, o meu lanche foi um Leite com Chocolate e um Pão de Leite. E era mesmo disso que estava a precisar.

Vou fazer uma tabela bonitinha das refeições que fiz nestes 5 dias e adicionar uns comentários extra.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D