Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

Minimalismo Num Pedestal

Não é preciso ter muito, desde que se tenha as coisas certas.

17
Nov15

Produtos #noite

Beatriz Goulart

Hoje trago-vos a lista dos produtos que utilizo à noite, e a rotina que utilizo. Tal como de manhã, também à noite decidi minimizar, uma vez que o minimalismo não escolhe horas do dia. Tento, igualmente, utilizar produtos que seja o mais amigos do ambiente possível, embora o nosso mercado ainda não ofereça grandes opções nessa área, e muitas vezes, são opções relativamente caras.

 

Assim sendo, vamos começar.

 

Uma vez que utilizo eyeliner e máscara pretas, muitas vezes lavar só não é suficiente para remover a maquilhagem toda, por isso, utilizo este eye make up remover da Nivea.

 

Depois, para remover o resto da maquilhagem e parte da sujidade, utilizo a água micelar da Garnier. (Foi a única que experimentei até agora, mas gosto dela).

 

Para lavar a cara utilizo este sabão do Dr. Organic. É de Tea Tree, compro no celeiro e penso que custa à volta dos 3€. Diz que é bom para peles oleosas e com acne. Não tem químicos agressivos e não é testado em animais.

 

 

Como hidratante utilizo este gel da Jason, também compro no Celeiro, custa à volta de 8€, mas dura quase 1 ano. Não tem parabenos, ftalatos, cor artificial e também não é testado em animais.

 

Por fim, utilizo este tubinho como batôm do cieiro e debaixo dos olhos porque combate as olheiras (embora só se note ao fim de algumas utilizações).

 

Esta é a minha rotina nocturna. Irei, mais para a frente falar de alguns produtos em particular a dar a minha opinião sobre eles, se achar pertinente.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Sobre Isto

O minimalismo apresentou-se a mim não como uma moda a adoptar no momento, mas como um estilo de vida a adoptar sempre. Como Ecologista convicta, sou totalmente contra o estilo de vida de consumo desenfreado que vivemos nos dias de hoje em que interessa ter muito. Acredito que "o caminho se faz caminhando" e por isso não coloco quaisquer expectativas sobre o que o futuro trará, ao invés, acredito nas mudanças presentes e que devemos viver agora o que deve ser vivido agora. Ter muitas coisas ocupa muito espaço físico e mental, muita preocupação. Minimalizar tornou-se uma prática de relaxamento e em que ter pouco é ter muito mais.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D